Condições de trabalho de entregadores via plataforma digital durante a COVID-19

Resumo

Esta pesquisa teve o objetivo de identificar os impactos da pandemia da COVID-19 nas condições de trabalho dos entregadores via plataforma digital. Participaram 298 trabalhadores em 29 cidades, que responderam questionário on-line por meio da ferramenta Google Forms. Para a disseminação do questionário foi utilizado o método “bola de neve”, em que integrantes de diferentes redes sociais respondem ao questionário e o encaminham para outras redes. Os resultados revelados apontam para a manutenção de longos tempos de trabalho, associado à queda da remuneração desses trabalhadores que hoje arriscam sua saúde e a de suas famílias, no desempenho de um serviço essencial para a população brasileira, ao contribuírem para a implementação e a manutenção do isolamento social no contexto da pandemia. Em relação às medidas de proteção, os trabalhadores as vêm tomando e as custeando por conta própria. A grande maioria dos entrevistados afirmou adotar uma ou mais medidas de proteção na execução de seu trabalho, enquanto as medidas adotadas pelas empresas concentram-se na prestação de orientações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ludmila Costhek Abílio, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Pesquisadora do Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho (CESIT UNICAMP), e pós-doutoranda em economia. Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR).

Paula Freitas de Almeida, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutoranda em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), integrante do GT Mundos do Trabalho do Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho (CESIT/UNICAMP) e integrante da coordenação da Rede Estudo e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR).

Henrique Amorim, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Professor Assistente de Sociologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Ana Claudia Moreira Cardoso, Universidade de Juiz de Fora (UFJF)

Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Paris 8 e Pós doutora pelo Centre de Recherche Sociologique et Politique de Paris. Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Professora visitante da Universidade de Juiz de Fora (UFJF)

Vanessa Patriota da Fonseca, Ministério Público do Trabalho (MPT)

Doutoranda em Direito do Trabalho e Teoria Social Crítica pela UFPE. Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Procuradora do Trabalho.

Renan Bernardi Kalil, Ministério Público do Trabalho (MPT)

Doutor em Direito pela Universidade de São Paulo (USP). Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Procurador do Trabalho.

Sidnei Machado, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pós-doutor na Université Paris Nanterre. Integrante do GT Trabalho Digital da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Professor Adjunto de Direito do Trabalho e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito (UFPR). Líder do Grupo de Pesquisa Clínica de Direito do Trabalho (CDT-UFPR).

Referências

ABILIO, Ludmila. C. Uberização: a era do trabalhador just-in-time?. Estudos Avançados, São Paulo, v. 34, n. 98, p. 111-126, Abril, 2020.

ALMEIDA, Paula Freitas de. CRUZ, Reginaldo E. ANJOS, Renato L. dos. Reforma Trabalhista: uma das muitas formas de expressão da nova razão de mundo. Teoria Jurídica Contemporânea. UFRJ, v. 4, n. 2, p. 165-190, Jul-Dez, 2019.

AMORIM, Henrique. & MODA, Felipe. Trabalho por aplicativo: gerenciamento algorítmico e condições de trabalho dos motoristas da Uber. Revista Fronteiras – Estudos Midiáticos, n. 22, p. 57-71, 2020.

ARTUR, Karen & CARDOSO, Ana Claudia Moreira (2020). O trabalho controlado pelas plataformas digitais: enfim, a classe trabalhadora chegou ao paraíso? Le Monde Diplomatique, 23 de janeiro de 2020. Disponível em: https://diplomatique.org.br/enfim-a-classe-trabalhadora-chegou-ao-paraiso/. Acesso em: 30 maio 2020

BIERNARCKI, P.; WALDORF, D. Snowball sampling-problems and techniques of chain referral sampling. Sociological Methods and Research, v. 10, n. 2, p. 141-163, Novembro de 1981.

BRASIL. Ministério Público do Trabalho. Nota Técnica CONAFRET n. 01/2020. Orientação do Ministério Público do Trabalho em face das medidas governamentais de contenção da pandemia da doença infecciosa COVID 19, voltada às empresas de transporte de mercadorias e de transporte de passageiros, por plataformas digitais. Procuradores: Tadeu Henrique Lopes da Cunha e Carolina de Prá Camporez Buarque. Brasília, 19 mar. 2020. Disponível em: <https://mpt.mp.br/pgt/noticias/nota-conafret-corona-virus-01.pdf>. Acesso em: 29 maio 2020.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Processo n. 1000396-28.2020.5.02.0082. Autor: Ministério Público do Trabalho. Réu: Ifood.com Agência de Restaurantes Online S.A. Juiz: Elizio Luiz Perez. São Paulo, 05 abr. 2020. Disponível: <https://pje.trt2.jus.br/consultaprocessual/detalhe-processo/10003962820205020082>. Acesso em: 29 maio 2020.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Processo n. 1000405-68.2020.5.02.0056. Autor: Ministério Públicio do Trabalho. Réu: Rappi Brasil Intermediação de Negócios Ltda. Juiz: Elizio Luiz Perez. São Paulo, 05 abr. 2020. Disponível: <https://pje.trt2.jus.br/consultaprocessual/detalhe-processo/10004056820205020056>. Acesso em: 29 maio 2020.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Processo n. 1000436-37.2020.5.02.0073. Autor: Ministério Público do Trabalho. Réu: Uber do Brasil Tecnologia Ltda. Juíza: Josiane Grossl. São Paulo, 14 abr. 2020. Disponível: <https://pje.trt2.jus.br/consultaprocessual/detalhe-processo/10004363720205020073>. Acesso em: 29 maio 2020.

Coronavírus: motoboys protestam por EPIs e melhores taxas de entrega em Campinas. G1, Campinas, 27 abr 2020. Disponível: < https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2020/04/27/coronavirus-motoboys-protestam-por-epis-e-melhores-taxas-de-entrega-em-campinas.ghtml>. Acesso em: 29 maio 2020.

Crise do coronavírus impulsiona aplicativos de entregas no Brasil. Revista Exame, 2020. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/negocios/crise-do-coronavirus-impulsiona-aplicativos-de-entregas-no-brasil/>. Acesso em: 29 mai. 2020.

FONSECA, Vanessa Patriota da. Uberização: Pseudoautonomia e Precarização do Trabalho. In: Cláusio Jannotti da Rocha; Lorena Vasconcelos Porto; Rúbia Zanotelli de Alvarenga. (Org.). O Direito e o Processo do Trabalho no Século XXI. 1ed. Belo Horizonte: Editora Virtualis, 2019, v. 2, p. 1-614.

JUSTINO, Anderson. Niterói: entregadores de aplicativo protestam hoje. O Dia, Rio de Janeiro, 04 maio 2020. Disponível em: < https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2020/05/5909816-niteroi--entregadores-de-aplicativo-protestam-hoje.html>. Acesso em: 29 maio 2020.

KALIL, Renan Bernardi. Capitalismo de plataforma e direito do trabalho: crowdwork e trabalho sob demanda por meio de aplicativos. São Paulo, 2019. Tese (Doutorado em Direito) - Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2019.

MAIA, Dhiego. Motoboys fazem buzinaço em SP por melhor condição de trabalho na crise do coronavírus. Folha de São Paulo, São Paulo, 20 abr. 2020. Disponível em: < https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/04/motoboys-fazem-buzinaco-em-sp-por-melhor-condicao-de-trabalho-na-crise-do-coronavirus.shtml>. Acesso em: 29 maio 2020.

MACHADO, Sidnei. A judicialização do conflito do trabalho na reforma trabalhista brasileira de 2017. Revista Jurídica Trabalho e Desenvolvimento Humano, v. 2, n.1, 3 jul. 2019.

MEIRELES, Leandro. Quarentena pelo coronavírus impacta downloads de aplicativos de entregas. 24 mar 2020. Disponível: https://www.consumidormoderno.com.br/2020/03/24/quarentena-coronavirus-impacta-aplicativos-entregas/. Acesso em: 29 maio 2020.

TORINI, Danilo. Questionários on-line. In: ABDAL, Alexandre; OLIVEIRA, Maria Carolina Vasconcelos; GHEZZI, Daniela Ribas; SANTOS JÚNIOR, Jaime (Orgs.). Métodos de pesquisa em Ciências Sociais: Bloco quantitativo. São Paulo: Sesc/Cebrap, 2016, p. 52-75.

VINUTO, Juliana. A amostragem em bola de neve na pesquisa qualitativa: um debate em aberto. Temáticas, Campinas, v. 22, n. 44, p. 203-220, ago/dez. 2014.

Publicado
2020-06-08
Como Citar
Abílio, L. C., Almeida, P. F. de, Amorim, H., Cardoso, A. C. M., Fonseca, V. P. da, Kalil, R. B., & Machado, S. (2020). Condições de trabalho de entregadores via plataforma digital durante a COVID-19. Revista Jurídica Trabalho E Desenvolvimento Humano - ISSN 2595-9689, 3. https://doi.org/10.33239/rjtdh.v.74
Edição
Seção
Dossiê “Covid-19 e o Mundo do Trabalho”